Relembrando o pôr do sol no leste

não suporto ferrugem
nem areia nos olhos
às estrelas
vou de mochila
uma bagagem preciosa
em outra direção
sorria como se fosse

3 thoughts on “Relembrando o pôr do sol no leste

  1. .

    bem debaixo dos pés
    bem debaixo do nariz

    humilhação é dizer que vai,
    vai às estrelas de mochila

    não é tão fácil, não
    viajar com o peso do solo
    na sola e na bagagem

    eu me acovardo à viagem
    que você faz
    sorrindo “como se fosse”

    como se é inexplicável

    bem debaixo dos pés
    bem debaixo do nariz

    nos olhos: areia e ferrugem

    RSO

Comments are closed.