Música do futuro

Se pela foto acima você pensou que vou falar de um vídeo game ultra-moderno ou de alguma ficção científica, está redondamente enganado. Como o título do post já diz, trata-se da música do futuro, um instrumento que impressiona pelo visual e pelo som, batizado de Reactable. Vi esse instrumento ao vivo, em outubro, no show da Björk em São Paulo. Basicamente, o instrumento é uma tela sensível ao toque, em forma de mesa, que toca ritmos programados quando cubos coloridos são colocados em cima dele. Ele foi criado por um grupo de pesquisadores e músicos da Universidade Pompeu Fabra, de Barcelona. A engenhoca ainda permite a integração de ritmos e efeitos diferentes e a mudança de velocidade e tipo da batida. Não entendeu? Tudo bem. Veja o vídeo de demonstração e depois assista o vídeo da Björk com o Reactable em ação [com direito a Paul McCartney curtindo na platéia]. No início parece esquisito, mas quando você o vê em ação junto com outros instrumentos fica impressionante.

Reactable live in Berlin

Björk – Declare Independance (Later with Jools Holland)

3 thoughts on “Música do futuro

  1. Genial. Fiquei pensando que grupos como o velho e bom pink floyd gostariam de ter podido contar com este recurso sensacional. E a Bjork, sempre muito legal.

Comments are closed.