Campanha eleitoral já começou na web

Se a web já vinha esquentando o debate pré-campanha nos últimos meses, agora já podemos declarar que a rede é o grande palco político pré-eleitoral. Nesta segunda-feira (19), a candidata Dilma Roussef (PT) lançou o seu site pessoal e suas páginas no Orkut, Facebook e Youtube. Esses novos canais, vão se juntar ao Twitter e o Flickr da Dilma para mobilizar e interagir com os eleitores até outubro.

Marcelo Branco e Dilma Roussef durante o lançamento do Dilmanaweb
Marcelo Branco e Dilma Roussef durante o lançamento do Dilmanaweb

O site Dilmanaweb traz a biografia da candidata, notícias, propostas, espaço para depoimentos, contato, formulário de divulgação por e-mail e campo de comentário dentro das notícias. Coordenada pelo ex-diretor da Campus Party Brasil, Marcelo Branco, a campanha de Dilma na internet já dá sinais que será intensa e feita por gente que conhece a fundo as ferramentas da web. O próprio Marcelo Branco, já declarou que a organização da campanha considera a internet “decisiva” neste ano. Dilma conta, também, com o reforço de Scott Goodstein, Joe Rospars e da Blue State Digital, responsáveis pela campanha online de Barack Obama.

No Twitter, a candidata do PT atua desde o início do mês e já possui mais de 31 mil seguidores e atualiza constantemente os seus passos durante a pré-campanha, mas ainda falta interagir mais com os seus seguidores. Os novos perfis de Dilma nas redes sociais pode ampliar essa interação ou perder o seu grande potencial, caso ela não os utilize para conversar com o eleitor.

Nesta campanha, pela primeira vez os candidatos poderão atuar através de blogs e sites de relacionamentos. O fim das restrições à internet vai ampliar o debate eleitoral e possibilitar a ascensão de candidatos que usarem bem as mídias sociais e pode causar sérios problemas para políticos que entrem na rede de forma despreparada.

O principal rival de Dilma Roussef para a campanha presidencial, José Serra (PSDB), já atua há quase um ano no Twitter e acerta na utilização da ferramenta. Serra dialoga bastante com os seus 205 mil seguidores e trata dos mais variados assuntos, sem tornar o espaço num mero palanque eleitoreiro. Apesar disso, Serra ainda atua de forma muito tímida em outras redes sociais e mantém um blog feito no Blogger, onde transcreve textos, discursos e artigos.

Por enquanto, Dilma segue na frente na corrida eleitoral na internet. Orientada por profissionais especializados, a candidata do presidente Lula tem grandes chances de conquistar mais votos na web. Serra ainda atua de forma tímida, mas pode reagir e disputar o espaço na web de forma equilibrada.

Além dos dois principais candidatos, Ciro Gomes e Marina Silva também já fazem pré-campanha em seus sites e twitters. A rede social do momento, o Twitter, deve ser mesmo o principal espaço para a interação entre os candidatos e os eleitores. Através do site Politweets, é possível encontrar o perfil de todos os políticos que ocupam cargos públicos que estão no Twitter, é um bom começo para quem quer acompanhar o que aquele cara que quer seu voto pensa.

One thought on “Campanha eleitoral já começou na web

Comments are closed.