Radiohead revela detalhes das vendas do In Rainbows na Internet

Um ano após o Radiohead lançar o disco In Rainbows para downloads, a Warner Chappell – empresa que controlou as vendas online – revelou agora há pouco os detalhes sobre as vendas do álbum. O grupo britânico sacudiu a indústria fonográfica ao disponibilizar o In Rainbows na web custando o que o fã quisesse pagar, como citei aqui.

De acordo com Jane Dyball, da Warner Chappell, a maioria dos fãs escolheu não pagar nada pelo disco. Mesmo assim, as vendas online geraram mais dinheiro do que as vendas do formato físico do In Rainbows, que foi lançado dois meses depois, e do que as vendas do disco anterior, Hail to the Thief. A média de preço pago pelos compradores do In Rainbows não foi divulgada, mas a Warner Chappell afirma que monitorou o tempo todo as vendas no site para suspender a escolha do preço caso a média de compra fosse muito baixa.

Os dados também revelam que a maioria dos fãs baixou o disco através do protocolo de compartilhamento de arquivos conhecido como BitTorrent. A caixa especial de In Rainbows, com músicas que não foram lançadas na versão para download e no disco vendido nas lojas, teve 100 mil cópias vendidas.

Tanto a Warner Chappell, como o Radiohead consideraram a nova estratégia de vendas um sucesso. Mas não revelaram se o grupo planeja lançar outro álbum dessa maneira.

4 thoughts on “Radiohead revela detalhes das vendas do In Rainbows na Internet

  1. Os bons e velhos Raul e Tim Maia, que sempre foram considerados “malditos” pela indústria fonográfica brasileira, devem estar dando boas risadas com o que acontece nos dias de hoje. Eles sempre defenderam a bandeira contro o lucro absurdo das gravadoras. Hoje a pirataria acabou destruindo tudo. E eles estão mais perdidos que cachorro que caiu da mudança. Vão ter que repensar tudo.

  2. Os bons e velhos Raul e Tim Maia, que sempre foram considerados “malditos” pela indústria fonográfica brasileira, devem estar dando boas risadas com o que acontece nos dias de hoje. Eles sempre defenderam a bandeira contro o lucro absurdo das gravadoras. Hoje a pirataria acabou destruindo tudo. E eles estão mais perdidos que cachorro que caiu da mudança. Vão ter que repensar tudo.

Comments are closed.