Jam no Mam recebe mais de 1.500 pessoas por noite no Verão

A combinação de boa música, diversidade cultural e belezas naturais atrai baianos e turistas todos os sábados para o Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM), em Salvador. Na última edição de 2009 do projeto Jam no Mam, neste sábado (26), o público curtiu o pôr do sol ao som do melhor do jazz mundial, interpretado por músicos baianos, sempre de forma descontraída. Durante este Verão a média de público é de mais de 1.500 espectadores por sábado.

Jam session reúne músicos baianos no MAM. Foto: Eduardo Pelosi

De acordo com Ivan Huol, baterista e diretor musical do projeto, o ano de 2009 foi “surpreendente”. O Jam no Mam bateu recorde de público durante os três dias de comemoração do aniversário de 10 anos do evento, foram mais de cinco mil pessoas no fim de semana.

Gerson Souza, morador de Fortaleza, veio passar as férias com a família na Bahia e achou a Jam no Mam um “ótimo evento”. “Além da música de qualidade, o horário é excelente, pude trazer toda a família. Outro ponto positivo é a atração extra, podemos visitar a exposição do museu, antes de começar o show”, comenta.

Como turista, Gerson destaca o baixo custo da atração, que tem ingressos a R$ 4,00 e R$ 2,00 (meia). “Aqui você não se sente explorado, a entrada é barata e as comidas e bebidas também. Gostei muito, é tudo organizado, seguro e pontual”, ressalta.

O português Felipe da Silva, da Ilha da Madeira, foi assistir a Jam, a convite do seu cunhado brasileiro, e gostou do espetáculo. “Aqui temos música bacana, ótimas comidas e bebidas a beira-mar. Para ficar melhor ainda poderiam ter mais barracas de comes e bebes e mais cadeiras, ao invés de banquinhos”, comenta Felipe.

Neste último sábado de 2009, a Jam Session – número musical baseado no improviso – contou com a participação de André Magalhães, Bira Marques, Paulo Mutti, André Becker e Letieres Leite. Ao cair da noite, clássicos do jazz como “Someday my prince will come”, “You don’t know what love is”, “Besame Mucho” e “A night in Tunisia” foram intercaladas com versões de clássicos da MPB e muito improviso, sempre seguidos de aplausos do público.

O esforço agora é para dar continuidade ao o sucesso do projeto no próximo ano, explica Ivan Huol: “Já no primeiro sábado do próximo ano teremos a Jam, não podemos parar. A expectativa é que tenhamos um grande público durante os meses de janeiro e fevereiro”.

Outra novidade para o verão será o Microtrio de jazz, já famoso no Carnaval de Salvador, que este ano será carregado dentro de um grande trio, uma experiência que promete repetir o sucesso do projeto.

Confira as fotos da Jam no Mam:

Curta um pouco da atmosfera da Jam no Mam no vídeo:

Serviço

Jam no Mam

Onde: Museu de Arte Moderna, Solar do Unhão

Quando: Todos os sábados a partir das 18 horas

Preço: R$ 4,00 (inteira) e R$ 2,00 (meia)

Mais informações: www.jamnomam.com.br