Minha homenagem ao Dia Mundial do Rock

Mesmo sem atualizar muito, é claro que eu não poderia deixar o Dia Mundial do Rock (13/07) passar em branco aqui no 2.Zero. Fiquei em dúvida sobre o que deveria colocar por aqui, é difícil sintetizar um ritmo musical com tantas expressões, tantas histórias, tantos momentos memoráveis em apenas um post. Resolvi trazer para vocês dez vídeos inesquecíveis, que marcaram a minha história com o rock e não são tão conhecidos entre todos.

The Smashing Pumpkins – Tonight, Tonight (Ao vivo no MTV VMA 1996)

Eu já ouvia Smashing Pumpkins quando vi eles abrindo o MTV Video Music Awards, em 1996. Mas, nesse momento eu percebi que se tratava de uma das melhores bandas que já existiram. Infelizmente, o baterista no palco não é o Jimmy Chamberlin, que estava afastado da banda por causa das drogas, mas a orquestra tocando junto compensa. Nesse dia, a banda abriu a noite de forma impecável e ainda faturou vários astronautas de prata, entre eles o Vídeo do Ano, com o clipe de Tonight, Tonight.

The Killers – Sam’s Town Live Glastonbury 2007

Eu não poderia deixar de incluir um vídeo no festival mais rock que existe hoje. Esse show do The Killers em Glastonbury foi o que me convenceu que eu tinha que ir ver o show deles no Brasil. Nesse vídeo, a abertura do show, com Sam’s Town, fogos de artifício e milhares de pessoas pulando e cantando a música. Perfeito!

Rage Against the Machine – Know Your Enemy (Ao vivo na Cidade do México)

Esse é um dos shows que eu lamento não ter tido a oportunidade de assistir. As tomadas que mostram o público são impressionantes, a multidão pulando de forma descontrolada, como se não houvesse amanhã. No palco, toda a energia de Zack de la Rocha, Tom Morello, Tim Commenford e Brad Wilk. Isso é Rock!

David Bowie & The Arcade Fire – Wake Up

Sem dúvidas, Wake Up é a melhor música do Arcade Fire. Nessa performance, David Bowie se une ao grupo e torna a canção ainda mais emocionante. Além disso, para David Bowie topar uma participação, a música tinha que ser no mínimo excelente… A descrição do vídeo no YouTube é engraçada, mas transmite um pouco do sentimento da música: “If you don´t cry watching this, you are dead inside”, hehehe. Para quem não conhece, o Arcade Fire é um excelente grupo canadense que utiliza alguns intrumentos inusitados para uma banda de rock, como capacete, violinos e acordeon.

At the drive-in – One armed scissor (Ao vivo no Jools Holland)

Em menos de 4 minutos, os integrantes da banda que originou o The Mars Volta e o Sparta constroem e desconstroem a música centenas de vezes. At the Drive-in no palco era isso, muita energia, muito improviso, muito rock!

Radiohead – Paranoid Android (Ao vivo no Eurockenees – 1997)

A primeira vez que vi esse vídeo o que mais me impressionou foi a versatilidade da banda no palco. De forma intensa, os integrantes do Radiohead transpõem toda a energia dessa música, que considero uma espécie de ópera rock.

Franz Ferdinand – Outsiders (Ao vivo no T in the Park)

Acho que esse vídeo traduz muito do espírito Rock and Roll. O grupo Franz Ferdinand se apresentava no festival T in the Park, durante a performance de Outsiders outros dez músicos entram no palco para tocar bateria. Entre os convidados estão os bateristas do Red Hot Chili Peppers, Kaiser Chiefs, Sigur Rós e Wolfmother.

Keane – Under Pressure (Ao vivo no War Child Concert)

Que o Keane consegue fazer músicas maravilhosas apenas com piano, bateria e voz, sem nos deixar sentindo falta de uma guitarra ou baixo eu já sabia. Mas nesse cover de Under Pressure, do Queen, eles me surpreenderam totalmente. Destaque principal para o vocalista Tom Chaplin, que canta uma música de Fred Mercury sem dificuldade. Aí já rola um baixista no palco, mas era indispensável ter um baixo nessa música!

The White Stripes – Black Math

White Stripes é uma banda que mostra como se faz rock de verdade usando só uma guitarra e uma bateria. No palco, Jack White e Meg White improvisam, mudam o tempo das músicas e surpreendem ao fazer um grande show sem a ajuda de nenhum outro músico. Em Black Math, bastam pouco mais de três minutos para se fazer uma grande homenagem ao Dia Mundial do Rock!

KISS – Rock n Roll all Night (Ao vivo na ponte do Brooklyn – 1996)

Depois de mais de 15 anos, o KISS retoma a sua formação original em 1996. Esse foi um dos primeiros shows do retorno de Ace Frehley e Peter Criss e encerrou o VMA de 1996. Quando assisti pela primeira vez, não conhecia a banda. Definitivamente, essa foi a apresentação que transformou a minha história com o rock. Após assistir eles tocando, fui atrás dos discos e sou fã da banda até hoje. Esse ano (2009), finalmente tive a oportunidade de ver ao vivo, em São Paulo, o maior show de rock do universo. Fiquem com o maior hino do Rock:

PS: Comentem indicando vídeos que marcaram a sua história com o rock!

PS 2: Se o YouTube tirar algum vídeo do ar, me avisem que eu coloco novamente…

Leiam outros posts sobre Rock no 2.Zero:

Our eyes on Keane: Fãs produzem DVD do show do Keane no Brasil
Fotos da Life mostram a história do Rock
Reinventando o show business
Música do futuro
A Day in the Life
Brasil no Later
Cuba indie
Tudo de Novo; Começo Sem Fim

8 thoughts on “Minha homenagem ao Dia Mundial do Rock

  1. “a multidão pulando de forma descontrolada, como se não houvesse amanhã.” Que frase gay é essa? Afffff!

    Gostei dos vídeos =] Só faltou alguma banda brasileira…

  2. Uhmmm rock é meio icônico pra todo mundo, seja por amar ou odiar (se é que isso é possível). Desde a barriga de mamis eu já ouvia Beatles, Rolling Stones e Pink Floyd. O vídeo que me marca, desde infância, é na verdade o Yellow Submarine, uns dos primeiros musicais que eu vi. Outra cena marcante é Fred Mercury cantando no Rock in Rio. Não tinha idade pra ir, mas a Globo reprisou bastante. Assim como a transmissão ao vivo do Hollywood Rock em 1991 e 1993(?). Momentos da infância que vão ficar pra sempre!

  3. Bala Pelosi, para entrar na onda colaborativa, segue alguns links para musicas que me marcaram…hehehe
    1 – Ouro de Tolo, Raul Seixas – http://www.youtube.com/watch?v=cn0S56WPkjQ
    2 – Don’t Let me Down, The Beatles – http://www.youtube.com/watch?v=-O7PnvVgQvA
    3 – Stray Cat´s strut – Stray Cat´s – http://www.youtube.com/watch?v=w0wnRo6TTEU
    4 – Black Dog, Led “Funky” Zeppelin – http://www.youtube.com/watch?v=N9i2fqxSjTI

  4. Grande DUDA,
    Apenas uma ressalva…Cadê os jurássicos????? Led Zeppelin, Uriah Heep, Offspring, Black Sabbath….
    De qualquer maneira, a inclusão do novo do novo em rock (Radiohead) da surpresa sonora do Keane (a mesmice bem elaborada que é boa de ouvir), o instigante Rage Against e a bela performance do Smashing Pumpkins valem a data…
    Grande beijo …do Dindo rsrsrsrsrsrsrsrsr

Comments are closed.